Holomotricidade

Introdução

HOLOMOTRICIDADE compreende o corpo em movimento disposto à ação de se autoconhecer experimentando elementos essenciais da Natureza que por meio dos diálogos corporais proporcionam (re)ligação e (re)generação, ou seja, ampliação da consciência. Essa perspectiva epistemológica pretende uma representação mais acurada na compreensão das realidades por meio de uma perspectiva que reconhece a complexidade universal para buscar modos mais criativos de interagir e intervir na(s) realidade(s). Assim, HOLOMOTRICIDADE implica em uma perspectiva aberta a possibilidades emergentes, na qual o (a) aprendiz apreende como expandir o espaço do possível, o que implica, também, na imanência do desejo e prazer em aprender sobre si mesmo e se (re)conectar com a consciência universal.

Baseada em conceitos científicos que compreendem a complexidade como lógica da Natureza, HOLOMOTRICIDADE se caracteriza como uma prática corporal que utiliza elementos de diferentes conhecimentos para propor um diálogo corporal individual com vistas à construção de um movimento de autoconhecimento voltado para a ampliação da consciência. A perspectiva de totalidade é proporcionada pela profundidade dedicada ao diálogo corporal visando atingir uma experiência culminante capaz de (re)ligar a essência humana à consciência universal. Esse movimento de (re)conexão implica em um processo de auto-organização capaz de proporcionar mudanças na percepção da “realidade” por meio da encarnação de uma visão holística.

É preciso pensar no diálogo corporal como movimento da vida, como uma “energia organizadora” que está “trabalhando interiormente” nos movimentos dos órgãos, nas células e até mesmo nos átomos e nas partículas elementares se fundindo, assim, finalmente com o movimento do campo universal. Átomos, elétrons, prótons, mesas, cadeiras, seres humanos, planetas ou galáxias são, portanto, considerados abstrações de todo o movimento e devem ser descritos em termos de ordem, estrutura e forma no movimento. Essa descrição manifesta a organização dos sistemas declarando a consciência universal em sua unidade. A consciência está na essência, na força vital que liga átomos para além da combinação físico-química. Cada célula dá origem à vida e traz consigo essa essência e, mesmo sendo estruturas diferentes, possui a mesma consciência.

A essência da HOLOMOTRICIDADE está na experiência interior em um nível psicológico, o que pode ser compreendido como vida ampliando a visão de mundo e direcionando nossa atenção para as percepções exteriores a partir dos nossos sentimentos interiores de um novo modo, de forma a nos libertar da função habitual e automática tradicional, entendendo que esse movimento não tem sentido sem “se transformar e se adaptar”. Se adaptar significa, em essência, o mesmo que “se conectar”, toda conexão (ou organização) é resultado da consciência se tornando blocos de construção universais da atividade humana que como um artesão significa literalmente “aquela que foi feita para encaixar-se” chamando a atenção sobre como a conexão acontece em um sentido amplo.

Assim, em um sentido mais profundo, como o artesão está preocupado com sua “arte” e seu significado mais geral, o diálogo corporal está preocupado com o sentido do autoconhecimento, ou seja, a conexão. O conceito de conexão estende-se a todos os aspectos da vida, incluindo aqueles chamados de morais e éticos e que têm a ver com o bem e beleza sugerindo algum tipo de “conexão em conjunto” em tudo o que o homem faz. Portanto, o que é belo, o que é bom é o que se adapta não apenas em função prática e em nossos sentimentos e sensibilidades estéticas, mas também aquilo que, por sua ação, leva a uma adaptação ainda mais ampla e profunda, em qualquer fase da vida, à ampliação da consciência.

HOLOMOTRICIDADE necessita ser vista como âncora da consciência transcendente, a qual é estimulada por experiências culminantes proporcionando o autoconhecimento e despertando a memória universal fatos que transformam o modo das pessoas observarem a realidade e, consequentemente, o modo de viver proporcionando a cada vivência um estado de consciência plena que pode se estender aos diferentes momentos da vida. O processo de rememorar nossa essência pode ocorrer em qualquer tempo e espaço, mas fundamentalmente depende da percepção dos sentidos humanos para que seja possível acessar a consciência universal.


Elemento Solo

Características do diálogo corporal

O elemento SOLO está baseado em princípios da Gestalt e por meio da reflexão sobre o diálogo corporal se torna uma via de tomada de consciência compreendendo o corpo como âncora das experiências físicas, mentais e sociais que são levadas à consciência quando estimulados os sentidos humanos de modo profundo podendo provocar o movimento de mudança. Esse trabalho visa a ampliação da consciência tendo como via de acesso os sentimentos e emoções que se inter-relacionam com a pessoa possibilitando a percepção de quem e como somos no universo. . A perspectiva de totalidade é proporcionada pela profundidade dedicada ao diálogo corporal visando atingir uma experiência culminante capaz de (re)ligar a essência humana à consciência universal. Esse movimento de (re)conexão implica em um processo de auto-organização capaz de proporcionar mudanças na percepção da “realidade” por meio da encarnação de uma visão holística.


Elemento Espiral

Características do diálogo corporal

O elemento ESPIRAL está baseado na Sequência de Fibonacci e na Geometria Fractal de Mandelbrot que utilizam a visão da proporção áurea como fundamento para compreender as relações e formas da Natureza, pois o nível de complexidade está diretamente relacionado a organização do sistema em suas múltiplas interações, a qual origina heterogeneidades semelhantes do sistema uma vez que em um sistema altamente complexo, como o corpo humano, todas as partes “afetam” e são “afetadas” umas as outras de maneira intrincada. Cada vez que há reestruturação de uma forma ao longo de um processo há auto-organização do sistema. O conceito Iteração (auto semelhança) mostra que a repetição do padrão, sem padrão, se transforma em um atrator universal proporcionando reconhecer que o todo está presente em todas as partes, ou seja, todo ser humano contém em si o universo.


Elemento Bola

Características do diálogo corporal

O Elemento BOLA geometricamente representa o círculo, O UNO, ele é o princípio de todas as outras formas, o que significa a origem, a conexão entre as mesmas essências, ou seja, SOMOS TODOS UM. O olhar que se tem para o mundo é o olhar que se tem para si mesmo, cada pessoa é, portanto, a consciência universal expressada de modo inseparável. É por meio das relações que estimulam os sentidos que o acesso à consciência universal acontece o movimento de (re)conexão implica em um processo de auto-organização capaz de proporcionar mudanças na percepção da “realidade” por meio da encarnação de uma visão holística. “A energia é o princípio da mudança, é o princípio causativo de qualquer processo de transformação”.

Público alvo

FEATURE 1
Jovens
FEATURE 2
Adultos
FEATURE 3
Idosos

Encontros para diálogos corporais e autoconhecimento

A Holomotricidade pretende proporcionar as pessoas interessadas em se autoconhecer encontros para a vivência de diálogos corporais. A estimulação sensório-motora em profundidade conecta os sentidos humanos possibilitando experiências que podem atingir estágios culminantes e contribuir para a ampliação da consciência. Baseada em princípios científicos reunidos de modo a potencializar a percepção dos sentidos, os diálogos corporais visam acessar estágios do processo de autoconhecimento bloqueados pela rotina do cotidiano contribuindo para auto-organização pessoal. Assim, atingir uma compreensão em profundidade desenvolvida por meio dos encontros de Holomotricidade torna possível transcender a perspectiva de “realidade” e acessar dimensões do autoconhecimento capazes de ampliar a consciência.

FEATURE 1

duração

Indeterminado

FEATURE 2

modalidade

Encontros presenciais e/ou virtuais para realização de diálogos corporais

FEATURE 3

investimento

Entre em contato

Professor

Maurício Teodoro de Souza

Maurício Teodoro de Souza

Professor Doutor em Educação Física pela Faculdade de Educação Física da UNICAMP


TENHO INTERESSE

– Se você se interessou pelo aprendizado da prática de Holomotricidade, preencha o formulário abaixo que entraremos em contato para mais informações.